Testando Piadas #2 – Peixes (Parte 2)

Alguns de vocês devem estar reclamando nesse exato momento: “Ei cara, já vimos você falar sobre os malditos peixes antes! Está querendo nos enrolar, seu patife?”. Não, não estou. O trabalho de criar piadas novas e fazer com que elas funcionem, não leva apenas uma noite de verão. Se você não acompanhou o primeiro show em que testei o material sobre os peixes, faça o favor de ler isso aqui antes de prosseguir.

Muito bem, agora estamos prontos. Os áudios que estão no post “Testando Piadas #1” foram as primeiras experiências com o uso do material. Depois disso, o trabalho segue, na tentativa de salvar o que não funcionou, ajustar o que deu um resultado mediano, manter as piadas que renderam boas risadas e escrever coisas novas.
Quando fui novamente para o palco, o resultado foi esse aqui:

Quando a piada volta ao palco pela segunda vez, aprimorada, você começa a ter uma noção verdadeira do que funciona ou não. Sou cético com piadas que funcionam muito bem logo na primeira vez. Sempre acho que pode ser sorte de principiante. Agora, se elas funcionam três ou quatro vezes seguidas, abraço-as emocionado e dou boas-vindas à família.

Sobre o material dos peixes, em especial: a comparação sobre a morte do cachorro e do peixe me parece ser o ponto alto do set (sequência de piadas sobre um mesmo tema). A piada que vem antes, sobre ninguém ficar triste quando o peixe morre, não tem uma reação tão forte da plateia, mas é uma boa introdução do tema e prepara o terreno para piada a seguinte. Para ser sincero, são os dois únicos momentos desse material que, por enquanto, me deixam satisfeito. Quase todas as outras partes são bastante inconstantes, o que não é nada bom.

E aqui vai um questionamento: vale a pena para um comediante insistir em contar uma piada que dá certo uma em cada três vezes? Ou mesmo que cause risadas em dois terços das tentativas? Eu acredito que não. Pode até parecer um bom aproveitamento, mas você contar uma piada 30 vezes e ela te deixar na mão em 10, ela está reprovada. O que fazer nesse caso? Se você acredita em determinada ideia, deve-se sim reescrevê-la mais uma vez. Achar o ponto certo de uma piada não é tão fácil quanto parece e pode demorar bastante tempo. Se o humorista não está disposto a isso ou, simplesmente, não acha que a piada vale tanto esforço, o melhor caminho é descartá-la.

O próximo passo é voltar à oficina. Analisar e ajustar as piadas ineficientes. Sinceramente, acredito que posso tirar dois ou três minutos bons de tudo isso. “Dois ou três minutos? Que bela porcaria” alguns podem estar imaginando. Mas o trabalho do comediante é assim. Como o garimpo. Você trabalha dias e semanas peneirando pedras e barro para, talvez, encontrar a pepita de ouro que dará o seu sustento pelos próximos meses. Chorei aqui.
Então, meu compromisso é escrever novamente as piadas que estão bambas e colocá-las pra funcionar. O compromisso de vocês é acessar o blog e me dar feedback e apoio moral comentando o que diabos vocês estão achando de tudo isso. Fechou? Fechou.

Valeu, papito.

 

*E sobre a piada do sushi: ela é realmente um fracasso, como acabei admitindo no próprio show. Três tentativas, nenhum êxito. Então, como no beisebol, três strikes e ela está fora. Credo.

Anúncios

4 comentários sobre “Testando Piadas #2 – Peixes (Parte 2)

  1. Garoto, bela iniciativa para um blog. Espero que não nos embarace e desista após alguns meses, como o meu famigerado Três Palavras haha. Material promissor esse dos peixes, mas acho que falta uma putaria [/todor] hahahaha BRINKS

    Curtir

  2. Muito bom cara, estou em processo de aprendizado e suas informações se ajustam às minhas necessidades. Quero futuramente criar coragem para apresentar meus textos assim que concluídos. Estou lendo TODOS os seus tópicos. Obrigado!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s